Entrevista com Hélio de La Peña

Foto : Divulgação

Hélio de La Peña é um carioca da gema, apaixonado pelo Botafogo, seu time de coração. Ele é um dos Casseta que segue sua vida de forma suave, mas enfrentado a luta do dia a dia. Versátil, ele é redator, ator e escritor, e em breve  vai estar nas telonas. Enquanto não vem o filme, ele pode ser visto no canal Multishow  com o seu novo programa “Procurando Casseta & Planeta” . Confira aqui a entrevista com ele!   

Por Josué Júnior

 

Você é apaixonado pelo Botafogo, seu time do coração. Essa sua paixão é maior do que pela seleção Brasileira?

Hélio de La Peña:

A paixão pelo Fogão é enorme. Costumo dizer que não gosto de futebol, gosto do Botafogo. A seleção andou divorciada da torcida. Depois do 7×1, trazer o dunga de volta foi esculacho, ninguém apoiou aquilo. Agora, com o Tite, torcida e seleção voltaram a namorar.

 

Podemos dizer que o Pasquim é o pai do Casseta Popular? Ou simplesmente foi um encontro de uma geração que pretendia apresentar à sociedade, uma direção, uma curiosidade? Aproveito para saber se teve algum problema para vocês, colocarem, no auge da campanha presidencial de 1989, o então candidato Fernando Collor nu da cintura para baixo, apresentando-o como “Caçador de Maracujás”? Isso já era alguma premonição do que o Brasil iria ter como Presidente?

Hélio de La Peña:

 O Pasquim foi inspiração, todos líamos o semanário, mas quando criamos a “Casseta”, o Pasquim estava chato muito politiqueiro, sem humor, só fazia campanha pró Brizola. Então viemos com a ideia de falar merda, chocar e fazer rir, aproveitando a abertura política que acontecia no governo Figueiredo.

O Collor era o caçador de maracujás, um marketing de salvador da pátria, mas com um esquema de roubalheira, hoje pequena, perto do que vivemos na era PT.

 

A entrada de todo o grupo para a Rede Globo para escrever o “TV Pirata”, tirou o seu sono devido ao grande desafio?

Hélio de La Peña: 

Nada! Me animou. Pude deixar a engenharia e me dedicar profissionalmente ao humorismo. Foi a grande virada da minha vida.

 

Com o programa Casseta & Planeta, vocês influenciaram uma geração. Hoje, vendo o “Te Vi na TV” dá algum deja vú em você?

Hélio de La Peña:

Tenho muito orgulho da nossa trajetória na TV e acho que tudo foi feito na hora certa. Revolucionamos o humor com o “TV Pirata” e “Casseta & Planeta, Urgente!” Isso ninguém pode negar.

 

Todo o grupo teve uma perda em 2006, com a morte do Bussunda. Como foi gravar os programas sem a presença dele?

Hélio de La Peña:

Foi pesado perder um colega, um sócio, um artista tão criativo. Mas foi mais difícil viver a perda do amigo, do irmão, do padrinho do meu filho.

 

Em 2015 você fez Zé Pedro, na novela “Totalmente Demais”. Como foi essa nova experiência de atuar em uma novela inteira, com um ritmo tão intenso que são as gravações? Você faria outra novela?

Hélio de La Peña:

O ritmo intenso das gravações não me assustou, estou acostumado. Agora mesmo, tivemos uma experiência de gravar a série “Procurando Casseta & Planeta” (Multishow, seg a sex 23:15h) num esquema mais puxado, já que éramos os protagonistas. Gravávamos seis dias por semana, trabalhando até domingo. Mais complicado foi me adaptar a um gênero completamente novo pra mim, que até então só tinha feito paródias de novelas. Mas gostei do desafio e fazer outra vai depender de um convite que avaliaria com carinho.

 

14800285_677102442457096_1819336747_o

Foto : Divulgação

Procurando Casseta & Planteta”  é uma libertação para vocês? Pergunto isso porque no “Casseta e Planeta, Urgente” e “Casseta e Planeta, indo fundo”, existia uma preocupação com as piadas e o linguajar. Hoje, no novo programa, vocês estão livres para produzir suas piadas?

Hélio de La Peña :

O “Casseta & Planeta, Urgente”! Teve muita liberdade por muitos anos. No final da trajetória, sofremos muita pressão para nos afastarmos dos temas políticos e para não fazermos piadas com marcas. Então, sobraram os programas da própria Globo pra gente zoar. Esse filão, sozinho, se esgotou, vivemos um desgaste. “Procurando Casseta & Planeta” se sustenta pela auto gozação. Levamos isso ao extremo e o resultado está surpreendente e muito engraçado. Confere lá.

14795926_677102322457108_1437011754_o

Foto : Divulgação

 

O filme “Correndo atrás”, que acaba de ser filmado, é baseado no seu livro e tem a maioria do elenco negro. Conta um pouco sobre essa experiência de ter um livro que virou filme. Aproveito para saber quando é que ele deve ser lançado.

Hélio de La Peña:

Foi uma experiência maravilhosa. Levar para o cinema uma história criada solitariamente, e agora, trabalhada coletivamente. Não é uma sequência de esquetes e sim uma história divertida e emocionante com a qual queremos que o público se identifique. Quanto à maciça presença de negros no elenco e na equipe, é um marco no cinema. “Correndo atrás” tem diretor, roteirista e protagonistas negros, além de diretor de fotografia, assistente de direção, entre outros. E não é uma história panfletária. Me orgulho de ter reunido tanta gente talentosa pra realizar o filme e espero que a questão da cor da pele, no futuro, seja irrelevante. O filme será lançado no primeiro semestre de 2017.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre Josué Júnior (130 artigos)
Josué Júnior, carioca, fotógrafo profissional pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Há mais de dez anos no mercado fotográfico com ênfase em moda e publicidade. Atualmente fotografa para o site Versão Masculina, especializado em comércio de produtos masculinos. Em sua empresa Arte foto Designer, desenvolve seu trabalho autoral, que pode ser apreciado na sua pagina : www.facebook.com/fotosjosuejunior?ref=bookmarks ,ou em seu Instagran .https://www.instagram.com/josuelbjr/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: