Simone Tebet, a única representante feminina nas eleições

Dito isso, agora é dar boas-vindas a Senadora Simone Tebet e torcer para que tenhamos…

Para unir o MDB, evitar o caos e a debandada de políticos do partido, Baleia Rossi lançou Simone Tebet como pré-candidata à presidência.  Muitos ruídos externos insuflaram o MDB para que o partido seguisse direções diversas, mas as consequências gerariam muitos conflitos. Dessa forma, Baleia Rossi mata dois coelhos com uma cajadada só.  Na primeira cajadada, ele acaba com uma longa trajetória que o MDB vem traçando, como ator coadjuvante ao pleito majoritário brasileiro. É histórica a forma como o partido flerta com o poder, elegendo três vices presidentes: José Sarney, Itamar Franco e Michel Temer, além da figura do Dr. Ulysses Guimarães, o famoso “Dr. Diretas”. Ulysses ficou conhecido por redemocratizar o Brasil, liderando os palanques na campanha das “Diretas Já”, junto a tantos outros políticos da época. A segunda cajadada foi acabar com a disputa interna para apoiar candidatos de fora do partido. Resolvidos esses problemas, Baleia Rossi une o MDB em um só nome e propaga que Simone Tebet está firme e forte, a espera de um vice para compor sua candidatura. Sem citar nomes, o partido realiza várias conversas paralelas, mas sem abrir mão do nome Simone.

Simone Tebet também tem a sua própria história política que começa no seu pai Ramez Tebet. Ramez foi governador do estado do Mato Grosso do Sul, prefeito de Três Lagoas e senador da República.  A trajetória que Simone vem trilhando é muito parecida a de seu pai. Em 2004, ela concorreu ao pleito para a Prefeita de Três Lagoa – MS, atingiu uma boa votação e foi reeleita na eleição seguinte. Saiu do cargo para concorrer como vice-governadora do Estado do Mato Grosso do Sul; abriu mão do governo para concorrer ao Senado, pelo seu estado, assemelhando a trajetória que seu pai realizou. Agora o destino a projetou a um pleito nacional, um desfio de peso, que começou no dia 8/12/2021, dia de seu lançamento. 

Vídeo: 

A princípio, Simone será a única mulher a concorrer à presidência da República do Brasil, em 2022. Sua atuação, na CPI da Covid, chamou a atenção de todos os brasileiros, contribuindo para o lançamento do seu nome em âmbito nacional. Antigamente, o MDB tinha como estratégia, para a chegada ao poder, manter-se nos bastidores e evitar os holofotes, as conversas e a superexposição. Para esse novo momento, Baleia Rossi optou pela visibilidade, mas isso não quer dizer que o MDB seja um partido transparente, muito pelo contrário, ele ainda é um partido que abriga muitos interesses que não passam pelos holofotes da mídia e um deles, possivelmente, foi a conversa com João Doria. Esse diálogo pode até parecer visível, mas não é transparente. Cada presidente de partido e seus candidatos estão realizando conversas ao pé da orelha, não revelando o teor existente nessas falas. Desse cenário, apenas Moro optou por não especular sobre o seu candidato a vice, alertando que ainda falta muito tempo para abril. São vírgulas que a impressa observa em quase todos os discursos dos presidentes de partidos e dos candidatos. Minha visão é que o pleito ganhará fôlego com uma concorrente que traga novos argumentos ao debate. É possível perceber que o discurso de lançamento de Simone foi intensamente pulverizado, sem grandes novidades, mostrando o mesmo cenário apresentado por outros partidos. Para exemplificar, observem como cada partido vem se apresentando.

  • Moro tem como bandeira a Lava Jato e o combate a corrupção. Argumentos parecidos aos que elegeram Bolsonaro presidente.
  • Lula aposta na polarização e no cenário caótico em que o Brasil se encontra. Faz comparações do seu governo ao atual.
  • Doria, em todo discurso que faz, reforça a importância de o Presidente Fernando Henrique entregar ao PT, um Brasil com cofres cheios, período em que Lula foi presidente. Sem contar a luta pela vacina da Covid, enquanto o governo federal negava sua eficácia.
  • Madetta ficou muito longe do pleito. Sua conduta como Ministro da Saúde parece que lhe rendera bastante, mas atualmente, está com pouca história para contar, deixando seu nome em fogo brando.
  • Senador Alessandro Vieira, um homem com uma personalidade forte, que mostrou muito empenho e dedicação na CPI da Covid. Ainda não teve chance de se apresentar para iniciar sua caminhada e o que se pode fazer é observar e aguardar os próximos passos.

Dito isso, agora é dar boas-vindas a Senadora Simone Tebet e torcer para que tenhamos, já nas primeiras horas de 2022, notícias das novas composições.

Vamos seguindo!

Sobre Josué Júnior (636 artigos)
Josué Júnior, carioca, pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Atua no mercado com sua empresa Arte Foto Design é proprietário do site de conteúdo Linkezine. Registro Profissional: MTb : 0041561/RJ

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: