Lula do PT

O PT chega a esse pleito com a mesma pessoa que governou o Brasil por oito anos….

Lula do PT! Será que essa afirmativa está correta? Vamos reformular, transformando-a em: O PT de Lula. Esse exercício de reflexão é importante e salutar, pois a imagem de Lula se confunde, com a imagem do próprio partido dos trabalhadores, conhecido como PT. É fácil fechar os olhos e lembrar da bandeira vermelha, com a estrela branca e a imagem de Lula. Por décadas essa imagem foi forjada e por décadas muitos acreditavam que o PT era um partido idôneo, sem corrupção, até que assistimos o experimentar do poder, poder este que começou em 2002, com a vitória de Lula para presidência.

Bastidores da eleição de Lula, documentário feito pelo cineasta João Moreira Salles – Entreatos

O início do século 21, onde tudo era transformador e inusitado. Muitos falavam da era de aquário, sonhando com o filme “Hair”, da década de 70:

Esse era o sonho, mas a realidade foi outra. O PT virou uma máquina nas mãos, do então Ministro da Casa Civil, José Dirceu. É importante perceber que no dia do resultado, em que Lula foi proclamado vitorioso para o seu primeiro mandato, José Dirceu adentra a sede do PT e foi recebido com palmas e gritos, como se o eleito fosse ele, apenas um parêntese dentro de tantas histórias que estariam por vir. Compondo sua equipe da casa civil estaria sua maior aliada, nome, Dilma Roussseff. Mas essa já é uma outra história. Dirceu iniciou seu trabalho com toda a confiança que o cargo de Ministro da Casa Civil lhe conferia, porém, o problema é que sua prepotência e arrogância começaram a incomodar alguns aliados nada republicanos, como o então Roberto Jeferson e essa é uma história bem conhecida, que acabou em CPI do Mensalão, olho roxo e prisão do então Ministro José Dirceu, mentor intelectual do companheiro Lula.

Fonte Youtube:

Então, a pergunta que fiz no início dessa matéria ainda é pertinente, como podemos chamar: PT de Lula ou Lula do PT? Vai longe essa brincadeira, então prefiro ficar com o que está por vir. Neste mês de janeiro, Lula não fará nenhuma movimentação, pelo menos não, até o presente momento. Lula prefere ficar recluso e articular nos bastidores. O nome de Geraldo Alckmin é aguardado com muita expectativa e apreensão, sendo que muitos petistas não aceitam Alckmin e o olham com muita desconfiança, porém, para um outro eleitorado, Alckmin lembra muito o falecido José de Alencar, o primeiro ex-vice presidente de Lula, que veio do Centrão. O Brasil inteiro já sabe que para governar um país, com a dimensão do Brasil, é preciso negociar, negociar ideias e atitudes e isso é diferente de fazer do Congresso um balcão de negócios, como o PT já fez, em tempos idos com o mensalão. O mesmo que Bolsonaro faz, com a verba do orçamento secreto. É imprescindível uma maior transparência nessas negociações, onde todos os governantes, pelo visto, utilizam-se dessa prática para conseguir a aprovação de suas emendas, orçamentos, leis e pacotes. É certo que cada governo exerça sua filosofia e tente implementar melhorias na vida de seu povo, o problema é como é feito. O PT chega a esse pleito com a mesma pessoa que governou o Brasil por oito anos, deixando uma sucessora que veio por um acaso, ou por um acidente de percurso. O nome do verdadeiro sucessor seria José Dirceu, porém o Brasil já havia sido governado por ele até 2005 e seria governado novamente, de forma efetiva, por mais quatro anos se não fosse o atropelamento chamado Roberto Jeferson do olho roxo. Assim terminou, de certa forma, o reinado dos bastidores do petista José Dirceu.

Em 2022, praticamente vinte anos depois, as mesmas figuras que governaram o Brasil voltam à cena, com força para ganhar já no primeiro turno. E em vinte anos, o mundo mudou, o Brasil mudou e a população brasileira ainda se debate, tentando acertar, errando e sofrendo. Ainda vivemos a pandemia, cuja a ciência tenta, em pouco tempo, vencer. Graças à nova era de aquário, estamos prontos para viver uma nova revolução tecnológica, o 5G que pretende trazer um mundo novo, cheio de facilidades. Hoje, nossa consciência é maior quando se trata de meio ambiente e reflorestamento. Vivemos muitos avanços em vinte anos. A partir de experiências que já temos, consciência que já ganhamos e sabendo que fatos são fatos, ainda que negados ou absolvidos. Fica a questão: por que votar no PT?

Deixo aqui essa reflexão para os leitores, na esperança de um povo mais maduro politicamente, porque escolher algo que já conhecemos e que sabemos como pode terminar? Mais uma vez creio que não deveria ser a melhor solução. Então, vamos refletir muito!    

Sobre Josué Júnior (657 artigos)
Josué Júnior, carioca, pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Atua no mercado com sua empresa Arte Foto Design é proprietário do site de conteúdo Linkezine. Registro Profissional: MTb : 0041561/RJ

2 comentários em Lula do PT

  1. Cando penso que te fuche, preta sombra. Non e la hora. Era vieginha, pero montabemos dos.

  2. Bom dia, eu não voto no PT, precisamos ter sabedoria para votar e escolher nossos representantes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: