O trio de sucesso!

Foto : Gustavo Neder

Dicas da Chef: O trio de sucesso!

Todos provavelmente em algum momento da vida já se depararam com aquela fome gigantesca e partiram pra aquele pastel maravilhoso, sequinho e mega recheado. O que vocês podem não saber é de onde ele veio, uns acreditam que é originário da China, versões do rolinho primavera, outros acreditam que é de origem europeia, devido a grande quantidade de receitas de massas assadas existentes por lá, e que a ideia de fritar surgiu na península Ibérica, ainda há aqueles que acreditam que os pastéis tenham sido adaptações da “gyosa” japonesa aos ingredientes brasileiros.

Teorias a parte, quando nós cariocas pensamos em pastel e em boteco, não tem como não pensar no Bar do Adão, bar especializado em pastéis, criado há mais de 20 anos no Grajaú, que caiu nas graças do Rio e hoje conta com mais de 10 lojas espalhadas pela cidade, e esta é minha dica de hoje.

Semana passada fui chamada para uma degustação e lançamento de  uma harmonização dos famosos “pasteis do adão” e as cervejas artesanais da Bohemia inspiradas nos sabores do Brasil, a “Bela Rosa”, “Caá-Yari”,e a “Jabutipa”,  no Bar do Adão de Copacabana, sob o comando do mestre cervejeiro Charleston Agrícola, uma noite com sabores incríveis e um papo maravilhoso.

 

13348794_10208154103441739_720919059_n

Foto : Gustavo Neder

A degustação foi realizada da cerveja mais leve, pra mais intensa, então começamos com a “Bela Rosa”, uma “Witbier”, cerveja branca em alemão, feita de trigos mais leves, casca de laranja e coentro, e pra dar o toque brasileiro a nossa pimenta rosa, refrescante, é ideal para ser uma cerveja de entrada. Para harmonizar perfeitamente com ela, um maravilhoso pastel de camarão com creme de limão. Delicioso.

Seguindo a linha crescente de intensidades das cervejas, partimos pra “Caá-Yari”, uma “Belgian Blond Ale”, a favorita dos belgas, levemente adocicada e encorpada, que adicionada à erva mate com seu amargor, rendeu uma cerveja nacional incrível, e pra harmonizar com algo tão forte e complexo nada como a nossa boa e velha carne seca, colocada num pastel com alho poró e pimenta biquinho. Perfeitos um pro outro.

 

Petisco 13 (1)

Foto : Divulgação

Para terminar nossa degustação chegamos à cerveja mais forte da noite, uma IPA, India Pale Ale, cerveja com mais lúpulo, o que lhe confere um amargou maior, que foi quebrado maravilhosamente bem pela Bohemia quando acrescida de jabuticaba, uma fruta tipicamente brasileira com um sabor intenso e adocicado. E quando achei que já tinha provado as harmonizações mais perfeitas da noite com a carne seca, eles aparecem com um pastel de linguiça caramelada na cerveja, mix de gergelim e cebola roxa, sem palavras. A cerveja sozinha não me agrada nem um pouco, por sua vez o pastel sozinho se comido em excesso pode ser até enjoado, mas os dois juntos parecem que foram feitos um pro outro!!! Que combinação perfeita, levou o prêmio de melhor da noite.

No final serviram a “Imperial”, uma cerveja criada em comemoração a reabertura da cervejaria, é uma cerveja mais “neutra”, com três tipos de malte e um lúpulo raro, pra mim foi a coringa, aquela que ficou boa com os 3 tipos de pasteis, pra aqueles que gostam mais de um sabor mais tradicional de cerveja esta é a perfeita.

 

13342372_10208154101641694_334911796_n

Foto : Divulgação

O Adão está fazendo esses combos, que variam de R$19,80, com o “Trio Bossa Nova”, que são 6 pastéis, 2 de cada sabor, a R$37,90 que é o “Trio Bossa Nova” com uma “Imperial”.

O atendimento do Adão de Copacabana foi maravilhoso, o horário de funcionamento é de segunda à quinta de 17h à 1h, sexta de 17h às 2h, sábado de 16h às 2h, e domingo e feriado de 16h às 00h. E o endereço é rua Aires Saldanha, 13.

Pra aqueles que acham que pastel é só mais aperitivo banal, que não tem história e nem valor, essa casa tradicional está aqui para mostrar que o pastel vai muito além de uma massa frita com recheio, que dá pra ser bom fazendo coisa simples, e que aquela máxima de “o menos é mais” deveria ser seguida por todos, pasteis podem dar lucro e felicidade, quando bem feitos, bem trabalhados e principalmente quando não deixam de ser pastéis só porque harmonizam com cervejas.

Boa semana, e vamos comer pasteis!!

Anúncios
Sobre Áila Neder (17 artigos)
Áila Neder, formada em letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), comissária de bordo, depois de sofrer muito por conta do que realmente queria fazer da vida, se encontrou nas panelas e na beira do fogão. Desde pequena ajudava sua avó nos preparos de bolos e doces para as festas da família, em 2013 resolveu enfrentar os preconceitos ainda existentes na profissão e abraçar de vez sua verdadeira vocação. Entrou para o curso de gastronomia no IBMR Laureate, estagiou em vários restaurantes franceses e hotéis internacionais, hoje formada faz pós-graduação em patisserie pela UNISUAM.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: