O homem e o smartphone: um vício que alimenta a vaidade

O homem e o smartphone: um vício que alimenta a vaidade

A evolução das tecnologias digitais tem deixado as pessoas cada vez mais dependentes delas. Foi assim com o surgimento dos primeiros telefones celulares, que se tornavam cada vez mais indispensáveis na medida que ficavam mais acessíveis, possibilitando encontrar e sermos encontrados a qualquer hora do dia. Então, esses aparelhos foram evoluindo, sendo modernizados, diminuíram e depois aumentaram de tamanho até que se transformaram nos smartphones, capazes de fazer tudo, inclusive chamadas.

O grande problema é que o nosso comportamento não evoluiu junto com essa tecnologia e o que era para revolucionar nossa forma de comunicação, provocou também uma verdadeira regressão na forma como nos comportamos na sociedade. O fim do diálogo, da conversa falada, do olho a olho é uma realidade perturbadora e poucos se deram conta disso. Relacionamentos são destruídos, famílias se afastam sem perceber e amizades se tornam mais virtuais e menos reais.  Passamos a viver de forma cada vez mais vazia e solitária, dando mais valor às atualizações de status nas redes sociais e exibindo nossas atividades diárias, elevadas ao grau de grandes acontecimentos, como se fôssemos as pessoas mais interessantes da face da terra.

smartphone-addiction-illustrations-cartoons-29__605

Hoje, com um objeto que cabe na mão, podemos pagar contas, fazer compras, conhecer o mundo e sermos reconhecidos também. O problema é que não conseguimos nos livrar dele até nos momentos de lazer, quando insistimos em permanecer conectados às redes sociais e aos bate papos com várias pessoas ao mesmo tempo. Afinal, qual seria a graça de viajar, ir à praia e se divertir das inúmeras maneiras possíveis sem que o mundo todo saiba? Não basta estar, tem que causar, e assim passamos a ser meros espectadores de nós mesmos através de uma tela de duas polegadas. Já pararam para pensar o quão difícil pode ser ficar longe do seu smartphone? Tente deixá-lo em casa por um dia e teste os próprios limites quando perder ou quebrar o seu.

XX-Cartoons-Ironically-Showing-Our-Smartphone-Addiction__605

Os homens inventam as mais avançadas tecnologias, descobrem a cura para as mais graves doenças, mas ainda falta descobrir uma forma de conviver harmoniosamente com essas invenções, que inflam nosso lado mais vaidoso, criam uma necessidade tão grande quanto a de se alimentar e nos levam a extrapolar os limites do bom senso por uma curtida.

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios
Sobre Victor Hugo (18 artigos)
Victor Hugo Ximenes Descrição: Jornalista formado pela Universidade Candido Mendes, atua na área de produção de conteúdo e assessoria de comunicação para políticos e instituições. Atualmente cursa pós graduação em marketing digital na FGV. Apaixonado por música, aviação e fotografia, adora registrar rostos, paisagens e esporadicamente trabalha em eventos. Apesar do apreço pela tecnologia também é um crítico de como ela influencia no comportamento humano e se torna um vício que afasta as pessoas umas das outras e de si mesmas.

1 comentário em O homem e o smartphone: um vício que alimenta a vaidade

  1. Ótimo 👏👏👏👏

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: