Aquela da parte mais doce do natal… A sobremesa.

Foto:Fabianne Lopa

Oi gente, tudo bem?? Sim, mais uma vez eu sumida, mas realmente o trabalho ficou pegado neste fim de ano… A produção de chocotones está sendo intensa, e com isso fico devendo mais visitinhas a vocês. Mas como estou fazendo a louca do natal, eu não poderia deixar passar essa oportunidade de falar sobre o que eu mais amo no natal, na verdade o que eu mais amo na vida depois do meu marido, SOBREMESASSSS…

Então para sua ceia de natal ficar ainda mais doce, resolvi separar algumas dicas, e uma receita especial, que pra mim tem a cara do natal, que é o bolo veludo vermelho, adoro as camadas dele de vermelho com o recheio branco, quer mais natal que isso?!

Confesso que quando eu era criança e esperava o Papai Noel chegar, sempre deixava junto à árvore de natal um pedaço de bolo, bolinho de bacalhau, uma taça de vinho, ou um copo de leite, era uma das minhas partes favoritas, montar o lanchinho do Papai Noel, e por que não esse ano deixar um bolinho lindo e vermelho como o Noel heheheh…

Agora chega de conversa e vamos logo ao que interessa, ao bolo! Pra começar antes de fazer esse bolo eu testei milhões de receitas, já fiz com corante artificial, já fiz meu próprio corante a partir da redução da beterraba, a redução é excelente, não fica com gosto de beterraba, mas como na receita que fiz mandava colocar uma colher de sopa de cacau, foi o suficiente para o bolo não ficar vermeeeelho mesmo, então resolvi deixar de lado a beterraba e desde então nunca mais havia feito este bolo.

Há um mês atrás, conheci um produto da marca “Celebrate”, um emulsificante sabor “red velvet”, fiquei toda empolgada e resolvi comprá-lo pra experimentar. Já adianto que não é barato e o resultado é bom, mas pra eu conseguir a cor que queria usei quase meio pote, aí já não sei se é tão vantajoso, mas o produto também tem um aroma bem gostoso, e o sabor do bolo ficou ótimo, ao contrário do corante regular que às vezes deixa um amargor no final, este achei o sabor muito bom mesmo.

Outro ponto deste bolo é o tal do buttermilk, que nada mais é do que o resíduo da fabricação da manteiga, no Brasil conhecido como leitelho, ou leite coalhado, mas como é muito difícil de achá-lo, aqui vai um truque pra você ter seu próprio buttermilk em casa: Misture em uma xícara de leite meio limão espremido, deixe talhar e está pronto. O Buttermilk deixa os bolos mais leves, devido à acidez, mas ele funciona melhor se você colocar bicarbonato de sódio na receita junto ao fermento por conta da reação química entre eles.

15631424_10209915574357411_1195626625_o

Foto: Fabianne Lopa

Dicas dadas, vamos à receita:

Ingredientes: Massa

  • 6 ovos
  • 2 xicaras de açúcar
  • 3 xícaras de farinha
  • 1 colher de sopa rasa de fermento em pó
  • 1 colher de café de bicarbonato de sódio
  • 1 xícara de leite integral
  • Suco de meio limão
  • 3 colheres de sopa de emulsificante sabor red velvet

Modo de preparo: separe as claras das gemas, e em uma batedeira bata as claras até que elas comecem a crescer. Misture o açúcar como se fossem fazer um merengue. Quando esta mistura estiver firme coloque as gemas e bata mais um pouco. Reserve

Numa tigela peneire a farinha, o fermente o bicarbonato, reserve.

Junte o suco de limão no leite e espere ele talhar.

Na tigela com a farinha, aos poucos vá misturando a mistura de ovos e açúcar, delicadamente, alternando com um pouco de leite para misturar melhor. Nessa fase não bata muito para não ativar o glúten e seu bolo ficar incrivelmente fofo e macio. Se por acaso ficar algum gruminho de farinha não tenha medo de colocar a mão na massa pra acabar com essas bolinhas, isso é melhor do que vc continuar batendo muito e perder a consistência do seu bolo. Asse em forma untada e farinhada, em duas formas de 20cm de diâmetro.

Pra cobertura você pode fazer um buttercream tradicional, aquele com açúcar de confeiteiro e manteiga, eu já fiz também com um merengue suíço ou italiano, tanto faz, mas nunca o francês pois as claras neste ainda estão cruas, e não é bom comer as claras cruas.

Mas aqui vou deixar uma receita de um buttercream com cream cheese, acho que o azedinho do queijo fica ótimo para esse tipo de bolo, e é super fácil de fazer.

Buttercream ingredientes:

  • 1 e meia xícara de cream cheese amolecido
  • ¾ de xícara de manteiga amolecida
  • 4 xícaras e meia de açúcar de confeiteiro
  • ½ colher de café de essência de baunilha
  • Frutas vermelhas pra decorar a gosto

Modo de preparo: Em uma batedeira, bata a manteiga e o cream cheese até dobrarem de volume, quando estiverem fofos, misture o açúcar de confeiteiro peneirado e a essência de baunilha, bata bem até ficar firme e está pronto.

Corte os dois bolos ao meio, recheie e cubra com o buttercream. Decore com as frutas vermelhas, que a essa época do ano são fáceis de achar, tipo cereja fresca, e está pronta sua delícia de natal.

Agora pra sua ceia ficar top mesmo não pode faltar o tradicional panetone né. Esse ano eu estou fazendo os meus, mas se você não tem tempo e nem u a receita muito boa você pode incrementar aquele do mercado mesmo, como por exemplo, abrindo ele e recheando com brigadeiro, com ganache, e pra fechar cubra com chocolate meio amargo.

15609040_10209915575877449_1526591865_o

Foto: Fabianne Lopa

Crie, experimente, prove novos sabores, aproveite esta época do ano pra impressionar sua família, afinal não existe sensação melhor na vida do que uma pessoa comer sua comida e ela trazer alegria, felicidade. Transmita suas boas energias para sua comida, e seu desejo de boas festas sincero tem certeza de que quem comer vai se sentir muito melhor e mais preparado para encarar este novo ano, esta nova etapa da vida, com novos desafios, novos objetivos, novas conquistas.

Por esse ano me despeço por aqui, espero que vocês tenham gostado das dicas, das receitas, do nosso papo, e como fim de ano é tempo de fazer promessas, prometo que ano que vem trago novidades, coisas legais e apareço mais por aqui. Um fim de ano incrível pra vocês, com muita saúde e paz, e um 2017 maravilhoso!!!! Beijos doces e até ano que vem!!!!

 

Anúncios
Sobre Áila Neder (17 artigos)
Áila Neder, formada em letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), comissária de bordo, depois de sofrer muito por conta do que realmente queria fazer da vida, se encontrou nas panelas e na beira do fogão. Desde pequena ajudava sua avó nos preparos de bolos e doces para as festas da família, em 2013 resolveu enfrentar os preconceitos ainda existentes na profissão e abraçar de vez sua verdadeira vocação. Entrou para o curso de gastronomia no IBMR Laureate, estagiou em vários restaurantes franceses e hotéis internacionais, hoje formada faz pós-graduação em patisserie pela UNISUAM.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: