É Carnaval – intervalo da realidade

Foto: Anna Gabriela Malta

 

 

 

Deixei um país dividido entre pró-imigrantes e pró-mulheres entre outras coisas e o governo com seus fatos alternativos, para chegar no Rio de Janeiro falido, com ameaça de retirada da PM das ruas…. Espírito Santo literalmente pegando fogo, Brasília ainda na brincadeira do resta um…. Oh! vida! Ainda bem que já é Carnaval. Tempo de deixar a seriedade de lado e viver a fantasia até quarta-feira de cinzas. Afinal, o ano só começa em março mesmo.

 

Agora sério, que país é esse? Eu sei que Cazuza há 20 anos fazia essa pergunta… mas alguém ja achou a resposta? A nossa lógica realmente deveria ser estudada: o Estado não paga salários ou 13o, mas concede aumento salarial para a polícia; a prefeitura está sem dinheiro para continuar as obras, mas continua patrocinando o Carnaval; sem falar no filho do prefeito que ganhou o maior cargo da prefeitura porque afinal papai o conhece muito bem (!). Voltamos 10mil anos atrás! E a UERJ? Uma das nossas melhores faculdades às moscas e sem dinheiro para funcionar. Como seus gestores deixaram chegar nessa situação? Como disse o ministro Barrozo, do STF e ex-aluno da UERJ, deveriam ter buscado recursos além do governo como parceiras com a iniciativa privada, benfeitores entre seus alumni. A má administração um dia cobra seu alto preço. A sociedade como um todo já está pagando o alto custo Brasil. Pagar também o custo UERJ…. não sei não…

 

A diferença lá e cá é que nossos amigos do norte realmente fazem a sua parte: vão para a rua; cobram do seu deputado/senador posicionamento enchendo suas caixas de e-mail e WhatsApp de mensagens, ficam atentos ao tratamento dado pela mídia… Por aqui me parece que todos estão muitos ocupados para dedicarem um tempinho a essas pequenas coisas como eleições, coisa públicas e política…. Será que é por isso que o Carnaval só cresce? Esse final de semana já teve blocos por todos os bairros.

 

 

Mas vamos ao que interessa: é Carnaval. Você organizou a sua agenda de blocos, bailes e desfiles?!? Cheguei essa semana e já fui treinar nas baterias dos dois blocos que toco. As férias fizeram bem – quase não errei!  Acho que vou adotar mais essa técnica – me afastar por um tempo para voltar com a cabeça fresca.  Mais uma das muitas vantagens de se viajar e tirar férias – voltamos renovados, com nova percepção e novos olhos.  Isso já aconteceu com você? Comigo não é a primeira vez.  Faço uma viagem e quando retorno, parece que fiquei treinando um tempão, porque estou melhor. Tanto na música quanto no esporte. Acho que precisamos um tempo longe para perdermos os vícios… e voltarmos novos.

 

Bom, voltei com tudo para o Carnaval e também com uma ideia da próxima aventura – uma trilha de uns 2 meses e meio… Tenho um amigo que sempre me falou da AT (Appalachian Trail) que segue toda a costa Oeste dos EUA, de Georgia ao Maine. A trilha toda são 2.200 milhas e leva uns seis meses. A nossa ideia é fazer em 2 partes. Adoro trilhas e desafios! Estava eu, no trem, lendo justamente um livro sobre essa trilha quando um homem que estava ao meu lado mostrou a paisagem lá fora e disse que já tinha andado por lá.  Estava fazendo a  AT em partes. Bom, não preciso dizer que ficamos trocando figurinhas sobre essa trilha e o Caminho de Santiago, que eu fiz duas vezes, e a esposa dele que é espanhola é louca para fazer. Ao longo desse ano vou ter que fazer o meu dever de casa – 1o entrar em forma. Não dá para entrar em um empreitada dessa sem estar com um bom condicionamento. Não sou nem um pouco chegada a passar sofrimentos desnecessários. 2o resolver qual a trilha de fato fazer – são tantas as opções: costa Oeste, costa Leste ou mesmo Europa Oriental…. 3o sonhar: a melhor parte! Adoro ficar imaginando a viagem, me preparando…

 

2017 começou com os dois pés. Com direito a fazer stand-up, pré-Carnaval, ao lado de uma tartaruga em plena Copacabana. É… o nosso Rio ainda nos fascina com seus encatamentos. Vamos que vamos que o ano nem começou direito… ainda nem chegamos em março 😃

Anúncios
Sobre Anna Gabriela Malta (17 artigos)
Anna Gabriela Malta é fotógrafa documentarista e gestora da instituição sem fins lucrativos Sociedade Providência, dedicada a educação de crianças de baixa renda na Zona Sul do RJ. Acredita no trabalho de formiguinha para transformar o mundo através da educação e do envolvimento de cada um na sociedade. agmalta@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: