Novidades sobre o hatch da Fiat, vendas em queda, mudanças na F1 e mais…

Que a Fiat planeja o lançamento de um novo modelo, já não é novidade. O projeto é chamado internamente de X6H, e vai substituir os atuais Palio e Punto. Mas um assunto recorrente entre os concessionários é de que o veículo pode se chamar Tipo. O nome não soa estranho, uma vez que já foi usado em um médio da marca que passou pelo Brasil na década de 1990 e não deixou boas recordações. Mas, segundo o jornalista Marlos Ney Vidal, do site Autos Segredos, o veículo deve receber um nome inédito. A ideia da marca é de renovar a gama de produtos inclusive em relação aos nomes.

De acordo com uma fonte, a estimativa é de que o lançamento do modelo seja em maio e as vendas comecem em junho. Equipam o carro os motores 1.0 e 1.3 firefly além do 1.8 16v e.torq já utilizado no Jeep Renegade e na pick-up Toro. Este propulsor traz a possibilidade do uso de um câmbio automático de seis marchas, que também equipa os dois modelos.

Um sedã, cujo projeto interno é chamado de X6S, tem chegada marcada para o final do segundo semestre deste ano, caso os fornecedores de peças não atrasem o calendário da fabricante. Este modelo deve substituir as versões mais caras do Grand Siena e do Linea.

Vendas continuam em baixa

Também não é novidade que o mercado automotivo já não tem o mesmo fôlego de antes. De acordo com o relatório mensal da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o mês de fevereiro apresentou queda de 7,77% nas vendas de veículos de passeio e comerciais leves no País, em relação às vendas de janeiro. Quando comparados ao segundo mês do ano passado, a redução foi de 6,82%. No acumulado de 2017 – soma das vendas de todos os meses do ano – foram 275.966 novos carros de passeio e comerciais leves nas ruas, contra 291.768 do mesmo período de 2016, retração de 5,42%.

Destaque para o Chevrolet Onix, que vendeu 11.980 unidades, quase o dobro do segundo colocado, Hyundai HB20, que teve 6.521 emplacamentos. Ford Ka (5.765), VW Gol (4.564) e Renault Sandero (4.181) fecham o grupo dos cinco carros de passeio mais vendidos. Entre os comerciais leves, dobradinha de pick-ups da Fiat. Em primeiro lugar uma surpresa. A Fiat Toro emplacou 3.582 unidades e passou a Strada (3.289). VW Saveiro (2.992), Toyota Hilux (2.034) e Chevrolet S10 (1.664) encerram o Top 5.

rs-17

Fórmula 1

Na busca por tornar a Fórmula 1, principal categoria do esporte à motor mundial, mais interessante, os carros terão alterações na parte de aerodinâmica e também nas dimensões. A expectativa é de que, com as mudanças, os veículos consigam fazer curvas mais rápido e diminuam o tempo de cada volta em até quatro segundos – tempo que, em competições, representa muita coisa.

Entre as mudanças nas dimensões estão a asa dianteira passou de 16,5 para 18 cm. O aerofólio ficou mais baixo e mais largo: antes eram 95 cm de altura e 75 cm de largura, agora são 80 cm de altura e 95 cm de largura. A largura máxima do assoalho era de 1,4 m e agora é de 1,6 m, o que interfere a favor da estabilidade dos carros em alta velocidade. A largura do veículo, que passou de 1,8 m para 2 m.

A largura dos pneus dianteiros tinham 24,5 cm e agora possuem 30,5 cm; os traseiros cresceram 8 cm e possuem 40,5 cm. Isso tudo resultou em aumento de 20 kg no peso final. Para que a autonomia não fosse prejudicada, agora são permitidos 105 kg de combustível, 5 kg a mais do que antes. O motor, entretanto, não teve alterações. Continua o mesmo V6 de 1.6 litro, turboalimentado, que chega próximo a 1000 cv e gira a até 15 mil RPM.

elba-collor

Curiosidade

Você que gosta de carros e acompanha a história do Brasil, com certeza lembra da Fiat Elba que derrubou o ex-presidente, e hoje senador, Fernando Collor. Comprada na concessionária CVP, a Elba Weekend 1.5 ano 1991/91 até foi flagrada, em agosto de 2005, por um repórter fotográfico do jornal Correio Braziliense, no Setor de Oficinas Sul, em Brasília, que você vê na imagem acima. Originalmente, ela tinha placas amarelas – utilizadas na época. FA 1208 era a identificação do veículo. Com a mudança para as placas cinzas, a perua passou a ostentar nova placa: JDP 7269.

De lá pra cá, a Elba sumiu. Nós, do linkezine, até demos uma voltinha no Setor de Oficinas Sul, pra ver se a sorte nos sorria. Mas nada feito. E então recorremos a alguns informantes. O site do Detran/DF nos mostrou que o último licenciamento da Elba foi em 2007 e que o veículo foi baixado como sucata, ainda no nome do senador. Destruiu-se um pedaço da história do País. Pedaço de história que, convenhamos, Collor deve querer esquecer.

De olho no recall

A Renault convocou donos de 28 mil Duster, Logan, Oroch e Sandero, fabricados em 2016, para um ajuste em parafusos do eixo-traseiro e do berço do motor, que fixam os elementos da suspensão. De acordo com a fabricante, os parafusos não foram apertados de forma correta e isso pode causar deformação ou ruptura nestes parafusos. Caso isso aconteça, pode haver perda na dirigibilidade do veículo com risco de acidentes.

O serviço de verificação e substituição é gratuito e o reparo tem duração de uma hora. A Renault orienta seus clientes a procurarem o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), no telefone 0800-055-5615.

CHASSIS ENVOLVIDOS:

Sandero – GJ482682 até GJ601778

Logan – GJ481696 até GJ556423

Duster – HJ246871 até HJ600336

Duster Oroch – HJ246869 até HJ589223 e JJ582317

Sobre Douglas Lemos (2 artigos)
Douglas Lemos é jornalista, fotógrafo, gaúcho, gremista e tem 25 anos. Apaixonado por carros, já atravessou o país dirigindo. É o responsável pela coluna Motor, que vai falar sobre o mercado automotivo nacional, internacional, lançamentos e a luta pela valorização do esporte a motor no Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: