Que tiro foi esse que matou Marielle?

Foi o mesmo tiro que alvejou a democracia, foi o mesmo tiro que calou a voz de 46 mil eleitores, deixando orfã toda uma comunidade que via nela uma luz, uma esperança. Não é o momento de se posicionar sobre se ela era de esquerda ou de direita, isso não vem ao caso e sim, que temos que refletir sobre o ato que foi cometido: uma violência que leva a uma reflexão sobre o momento que vive o Estado Fluminese.
Estamos vivendo uma intervenção Militar que já dura um mês, que foi desejada pela maioria dos cidadãos cariocas que aqui vive, achando que essa seria a última saída para se ter segurança. Pergunto o que vimos até agora? Digo ainda vemos violência. Não vejo timidez ou intimidação por parte de meliantes que fazem arrastões, latrocínio, tráfico de drogras e outros delitos, com que o cidadão carioca vem convivendo no dia a dia.
Para aqueles que achavam que os militares nas ruas iriam melhorar e colocar ordem em uma cidade entregre ao crime, esse assassinato se torna uma resposta para quem acha que estamos vivendo com mais segurança. Com um mês de intervenção, a quantidade de crimes ainda não baixou, o carioca ainda está assuntado quando anda nas ruas e essa sensação de segurança ainda não chegou. Os arrastões, explosões a banco, pequenos delitos, estão estampados nos jornais a cada dia. E agora ficaremos com um pergunta: Quem matou Marielle? A conta vai para a interveção Militar e uma polícia Fluminense agonizante.
Ao ver o Deputado Marcelo Freixo chorar pela perda de sua amiga, vai também o choro de um esforço por ter conduzido uma jovem promessa para um futuro melhor. Ela conseguiu se formar; era mãe e trabalhava por um munícipio melhor. Uma pessoa que nasceu dentro de uma comunidade, que teve grandes dificuldades para terminar a faculdade e criar a sua filha. Sua morte se torna uma perda e uma mácula para a intervenção Militar em que vivemos.
MARIELLE SUA VOZ NÃO IRÁ SE CALAR COM A SUA MORTE!
A DEMOCRACIA VIVE !

Sobre Josué Júnior (137 artigos)
Josué Júnior, carioca, fotógrafo profissional pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Há mais de dez anos no mercado fotográfico com ênfase em moda e publicidade. Atualmente fotografa para o site Versão Masculina, especializado em comércio de produtos masculinos. Em sua empresa Arte foto Designer, desenvolve seu trabalho autoral, que pode ser apreciado na sua pagina : www.facebook.com/fotosjosuejunior?ref=bookmarks ,ou em seu Instagran .https://www.instagram.com/josuelbjr/

1 comentário em Que tiro foi esse que matou Marielle?

  1. José Cândido // 16/03/2018 às 2:47 am // Responder

    O tiro que matou a Vereadora Marielle é o mesmo que vem matando pessoas, todos os dias na nossa cidade maravilhosa; se as autoridades de segurança, indignadas, com o crime tivessem a mesma disposicao em apurar, investigar e punir crimes em nossa cidade desde quando o crime começou a “governar” o Rio, talvez a querida vereadora ainda estivesse entre nós.A indignação com o crime veio tarde.Por falar em combate ao crime…. onde anda o general????

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: