Um ditador Maduro para cair

 

 

 

Era uma vez um pais libertado por Simon Bolívar, que tinha a intenção de libertar seu povo da tirania do Império Espanhol. É verdade que Bolívar liderou uma guerra em vários países, como Panamá, Colômbia, Peru, Equador e Bolívia. Simon tinha em seu pensamento, junto com José de San Martin, acabar com a escravização de todo um território dominado pelo império hispânico. Séculos depois, um ditador chamado Hugo Chaves, utilizou toda a épica história de Simon em seu proveito para propagar uma ideia de igualdade e liberdade, usando a bandeira do socialismo como pano de fundo, sendo que as ideias socialistas só foram colocadas em vigor no século XX com a Revolução Russa, a partir de 1917. Seu suposto objetivo era somente devolver para o povo a dignidade, que o algoz Tio Sam estava tirando, e deixando o povo venezuelano pobre e carente.

Hugo Chaves em todo seu regime fazia ataques ao regime Capitalista e longos discursos prometendo ao povo uma melhora de vida, enquanto seus parceiros como China, Russia, Cuba e Brasil, na época em que o PT era seu maior parceiro.  Com isso, o povo venezuelano sentia pouco as agruras que lá existiam. Com a morte de Hugo Chaves vem o seu aprendiz Nícolas Maduro, e aqui começa uma nova história de um povo já escravizado e sofrido. Maduro com uma política completamente corrupta, cheia de armadilhas, onde retirou de seu pais todas as grandes empresas que abastecia seu povo de emprego e fazia girar a economia, deixando seu povo à minguá.

venezuela-aid-border

Com uma política interna de controle, fazendo o povo trabalhar mais e ganhar menos, com poucas empresas para garantir a competição de preços, os produtos essenciais da cesta básica sumiram das prateleiras e dispararam fazendo com que a inflação consumisse o dinheiro dos venezuelanos. O resultado foi a explosão do desemprego, e com isso faltando quase tudo dentro da Venezuela para alimentar o povo.

Maduro, perdeu as eleições mas não deixou de ser presidente. Juan Guaidó, em um ato público se torna presidente e tem apoio do Brasil, Estados Unidos e países europeus como Inglaterra e França. Guaidó tenta levar ajuda humanitária para o seu povo sofrido e necessitado, o que faz o “socialista” Maduro colocar tropas na fronteira e retirar diplomatas Colombianos, com o argumento de que eles seriam espiões do Império Americano. É difícil de acreditar que ainda exista pessoas acreditando no discurso de Nícolas Maduro, de que o Império Americano é o Darth Vader da Venezuela.

Segue aqui meu apoio a Juan Guaidó, para que ele tenha êxito na sua jornada de libertação do seu povo. Que ele não use o herói do passado e muito menos se torne um ditador no presente. Segue aqui minha torcida para dias melhores para nuestros hermanos venezuelanos!

 

Sobre Josué Júnior (590 artigos)
Josué Júnior, carioca, pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Atua no mercado com sua empresa Arte Foto Design é proprietário do site de conteúdo Linkezine. Registro Profissional: MTb : 0041561/RJ

2 comentários em Um ditador Maduro para cair

  1. Péricles G. Albuquerque // 25/02/2019 às 1:40 am // Responder

    Muito bom artigo, meu irmão! Parabéns!

  2. Josué Júnior // 25/02/2019 às 6:29 pm // Responder

    Obrigado meu irmão!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: