Wajãpi

 

Bolsonaro e seu governo liberal está acelerando tudo e incentivando grupos extremista a tomarem atitudes extremas; pessoas raivosas que estão mostrando como o Brasil pode ficar perigoso com suas atitudes. Essa polarização política em que se vive hoje não tem nos levado a nada, apenas ajuda a não pensar de forma mais social, em busca de soluções para o que vivemos de lacunas. Precisamos ter equilíbrio e seguir um caminho sem essas emoções raivosas.  Bolsonaro em seus discursos, tem afirmado que vai legalizar o garimpo, combustível suficiente para inflamar uma região que já existe muita disputa e conflito. Esse combustível fez uma vítima e está deixando uma aldeia toda em situação de risco. O cacique Emyra Wajãpi, estava voltando da visita da casa da sua filha, quando foi esfaqueado e seu corpo jogado no rio. Foi sua esposa que encontrou o corpo. Resumindo, foi dessa forma que calaram a voz de uma liderança.

O território Wajãpi é de 6000 quilômetros quadrados, rico em ouro, e foi demarcado no governo do presidente Fernando Henrique em 1996. É muito cobiçado por garimpeiros e desde então, os problemas naquela região estavam controlados até a chegada do governo Bolsonaro. Verdade que o governo de Michel Temer, também já tinha tentado extinguir o Decreto presidencial do Fernando Henrique, sem sucesso.

Como se não bastasse, o Presidente declara que vai colocar seu filho na embaixada Americana para conseguir as melhoras empresas para ajudar a garimpar terras já demarcadas. Em uma entrevista, deixa claro que tem interesse também nas terras do Yanomamis.  Com essa forma de agir só incentiva grupos como madeireiros, garimpeiros e ruralistas a ter atitudes perigosas.

Voltando para o território Wajãpi, os indígenas que vivem lá estão denunciando que grupos de garimpeiros estão invadindo a aldeia para agredir mulheres e crianças. A polícia federal junto com a Funai estão na região para garantir a segurança e integridade dos índios, jornalistas internacionais e artistas como Caetano Veloso, divulgam o que está acontecendo lá. O Brasil é um pais rico, nós não precisamos entrar em confronto com o povo indígena por ganancia. Não é possível um governante que foi eleito para mostrar uma nova política, querer realizar a velha política com tanta ambição.

Bolsonaro, sua rejeição está subindo, suas propostas não tem sentindo nenhum, e a impressa não é a culpa pelos seus atos e sim você mesmo! São tantos erros dentro do seu governo, que já passou da hora de você começar a acertar.  Seu primeiro acerto seria a retirada da indicação de seu filho para a embaixada americana; outro acerto seria deixar de lado esse decreto que permite que os garimpeiros possam explorar e destruir a terra que já está demarcada.

Bolsonaro mais razão e menos ódio!       

 

 

 

Sobre Josué Júnior (265 artigos)
Josué Júnior, carioca, fotógrafo profissional pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Há mais de dez anos no mercado fotográfico com ênfase em moda e publicidade. Atualmente fotografa para o site Versão Masculina, especializado em comércio de produtos masculinos. Em sua empresa Arte foto Designer, desenvolve seu trabalho autoral, que pode ser apreciado na sua pagina : www.facebook.com/fotosjosuejunior?ref=bookmarks ,ou em seu Instagran .https://www.instagram.com/josuelbjr/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: