Paulo Guedes, tem pedido de afastamento no STF

 

 

 

Paulo Guedes, Ministro da Economia, uns dos homens de confiança do presidente da República, vem nas últimas semanas deixando todos com os cabelos em pé. Sua declaração de chamar todo o funcionalismo público de ‘parasitas’, acendeu o primeiro sinal de que o Ministro estava fora do tom; a segunda declaração infeliz foi com as empregadas domésticas, dizendo que elas faziam uma farra danada gastando muitos dólares na Disney, e que deveriam gastar mais aqui dentro. Essa infeliz declaração provocou reações desconfortáveis em alguns seguimentos da sociedade.

Suas falas tiveram consequências para a reforma administrativa. Não se sabe ao certo como será esse impacto, o que se sabe é que a fala dele não ajudou em nada, muito pelo contrário, piorou sua relação com o congresso. Por isso, conseguir pontos nessa reforma, tão necessária, ficou complicadíssimo.

Parece que o Ministro está falando só com uma parcela da sociedade brasileira, que é a parcela dos Banqueiros e Empresários, por esse motivo o Deputado Federal Paulo Ramos do PDT/RJ, protocolou no STF, nessa data de 17 de fevereiro, um pedido de afastamento do Ministro, alegando que ele não se afastou totalmente do mercado financeiro, e que ainda mantem tentáculos em algumas entidades financeiras. Em sua petição cita a Operação Greenfield , onde é investigado desde 2018 pelo MPF, deixando claro que essa operação não pode ser esquecida.

Paulo Ramos 1

Folha 2 da petição

 

 

 

 

Existem outros fatores que levaram Paulo Ramos a realizar seu pedido no STF, muitos colaboradores de Paulo Guedes que atuam próximo ao Ministério da Economia, tem cargos chaves como o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, que no passado trabalhou com Guedes no BTG Pactual, no qual Guedes era fundador. Além do presidente do BNDES, existem outros que atuaram com o Ministro, e que estão atuando no governo, muitos deles estão sendo ou foram investigados. A petição tem muita informação sobre o fundo de pensão pelo qual está sendo investigado na operação Greendfield. O Ministério da Economia em nota afirma que o Ministro Paulo Guedes não atua e não tem nem um representante legal para atuar no setor privado.

LinkeZine, irá acompanhar esse desdobramento, esperando sempre o melhor pelo Brasil!

 

Sobre Josué Júnior (397 artigos)
Josué Júnior, carioca, pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Atua no mercado com sua empresa Arte Foto Designer, é proprietário do site de conteúdo Linkezine , @linkezine . Dentro do site abaixo é possivel ver um pouco da atuação da Arte Foto Designer no mercado : https://www.omnistore.net.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: