Remadoras Rosas

Lúcia Luz, representante da Ong Mamas do Amor conta um pouco da sua história de como sobreviveu ao câncer de mama….

                                    

Tudo começou em 1995, quando o médico Dr. Don McKenzie do Departamento de Medicina do Esporte da Universityof British Columbia, Vancouver Canadá, fundou e treinou “Abreast In A Boat”, a primeira equipe de 24 mulheres para praticar o DragonBoat. No seu estudo ele percebeu o impacto do esporte na vida das pessoas que passaram por tratamento de câncer de mama, enfatizando os músculos da parte superior do corpo que são os mais afetados pela mastectomia e retirada de linfonodos axilares, cirurgia muito comum nesses casos. No final do seu estudo, sua teoria comprovou que o movimento repetitivo especifico da remada no Dragon Boat, diminui e previne o  linfedema. Não demorou muito para que a prática de remar no Dragon Boat, por mulheres mastectomizadas ganhasse o mundo. NO Brasil CHEGOU pelas mãos de Cleusa Alonso. Ela também fez a cirurgia de mastectomia, teve uma recuperação muito difícil e viu a oportunidade de recomeçar com o Dragon Boat. No vídeo abaixo Cleusa Alonso conta um pouco da sua história e como conseguiu trazer para o Brasil o Dragon Boat. 

Vídeo da Cleusa Alonso

A chegada do dragon boat pelas mãos de Cleusa Alonso se deu em setembro de 2016, quando anunciou a primeira equipe rosa, a canomama da cidade de Brasília, um mês antes de realizar o 1° festival de dragon boat para sobreviventes do câncer de mama na cidade de santos, feito aqui em águas brasileiras com a presença do dr. Dom Mckenzie. a International Breast Cancer Paddlers Commission convidou Cleusa para ser a representante do brasil por sua dedicação e determinação por trazer a atividade ao brasil e trabalhar na formação de equipes no brasil.

O brasil tem 17 equipes rosa espalhadas nas regiões nordeste, centro oeste, sudeste e sul.

Atualmente Cleusa Alonso faz parte do comitê de outreach do dr Dom Mckenzie, é diretora da canoagem rosa da confederação brasileira de canoagem, em 2109 Cleusa teve o apoio da atleta Alessandra  rodrigues diretora executiva do dragon boat da confederação de canoagem do Brasil, para conversar com o presidente João Tomasini Schwertner, presidente da COPAC, vítima do covid19 em 2021, para colocar no estatuto da Instituição a modalidade Dragon Boat.

Convidamos o Doutorando em Pós Graduação em Clinica Medica da UFRJ Enrico B. Riscarolli, colaborador do Linkezine, para falar um pouco dos benefícios que os exercícios que o Dragon Boat pode trazer para as praticantes, e como a comunidade médica recebe esse estudo.

Vídeo do Doutorando em Pós Graduação em Clinica Medica da UFRJ Enrico B. Riscarolli:

contato email : riscarolli@hotmail.com

Aqui no Rio de Janeiro, Lúcia Luz da Ong Mamas do Amor, aceitou o convite de Cleusa Alonso para formar a primeira equipe do Estado:

Lúcia Luz, representante da Ong Mamas do Amor conta um pouco da sua história de como sobreviveu ao câncer de mama.

Vídeo da Lúcia Luz:

Lúcia conta com o apoio da Confederação de Canoagem Marina da Glória, que irá abrigar A EQUIPE, e terá o apoio do Mauricio Noronha, que será técnico da equipe

Mauricio Noronha, técnico da equipe DragondoAmor

DragondoAmor.  Noronha faz parte do clube Kanaloa no Rio, que fica na Marina da Glória. Lúcia Luz será a capitã da equipe que terá a responsabilidade de manter o grupo e o projeto ativo, levando a mensagem de superação e união. DragondoAmor nasce sem patrocínio, mas com a vontade de melhorar o dia a dia da mulher mastectomizada. Para as sobreviventes do câncer de mama, começar um projeto como Dragon Boat é o início de uma caminhada que só irá trazer benefícios mental, físico e espiritual. Venham juntos conhecer e apoiar essa nova modalidade aqui no Rio de Janeiro.  

                         #DragonBoat

Sobre Josué Júnior (544 artigos)
Josué Júnior, carioca, pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Atua no mercado com sua empresa Arte Foto Design é proprietário do site de conteúdo Linkezine. Registro Profissional: MTb : 0041561/RJ

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: