Entrevista com Renan Ferreirinha

Renan Ferreirinha é um jovem que, com o seu esforço, saiu do Brasil para estudar em Harvard. Hoje ele é uma inspiração para os jovens que vêem no estudo sua libertação. Ele participa do Movimento Acredito,  e nessa breve entrevista nos conta um pouco do que o movimento espera para 2018. Venha conhecer Renan Ferreirinha !               

 

 

                                                                                                                  Por Josué Júnior

Você ganhou uma bolsa para estudar em Harvard . Como foi sair do Brasil para enfrentar um mundo novo, cheio de várias núncias? Conta um pouco da sua historia.

Renan Ferreirinha :

Fiz o processo de admissão para universidades americanas em 2012 e contei com o importante suporte de duas organizações, o EducationUSA e a Fundação Estudar, que me deram todo apoio financeiro e de mentoria necessário no processo. Como minha família não tinha condições de arcar com os custos, o apoio dessas duas instituições foi fundamental. Apliquei para 10 universidades, fui aceito em 9 e comecei a estudar Economia e Ciências Políticas em Harvard em 2013 com bolsa integral da universidade. Esses últimos quatro anos têm sido de grande crescimento pessoal com projetos, aulas e atividades que revolucionaram minha vida. Destaco o fato de estudar com pessoas de mais de 80 nacionalidades, o que tem moldado a forma como vejo e leio o mundo.

 

Político tem medo do povo na rua? Explique como  esse povo na rua pode fazer a diferença.

Renan Ferreirinha :

Historicamente, quando o povo se indigna e decide ir as ruas protestar por seus direitos, o efeito político é muito forte. Foi assim nas grandes manifestações públicas recentes no país, por exemplo, com os caras pintadas em 1992 e a “primavera brasileira” em 2013 [série de manifestações populares ao redor do país, especialmente em junho de 2013]. Políticos têm como função primordial representar os anseios de seus eleitores, por mais que nem sempre seja esse o caso. Então, quando a população demonstra claramente a sua frustração indo as ruas, políticos se veem forçados a responder de forma mais objetiva e transparente, seja por uma questão de honra ou de sobrevivência política. Sendo assim, o fator rua tem um peso enorme nas grandes decisões do país.

 

Hoje temos dois discursos muito claros no panorama político de nosso país, sendo um da Direita, e o outro da Esquerda. A forma como o Presidente francês, Emmanuel Macron, foi eleito, poderá se repetir aqui no Brasil? Explique para nós.

 

Renan Ferreirinha :

A eleição de Macron representa um importante marco no cenário político mundial. Durante sua campanha, Macron realizou um debate centrado em ideias, franco e pragmático, que tanto precisamos no Brasil. Foi enfático em resistir a qualquer alinhamento a um dos lados do velho espectro político. Com sua vitória, a França mostrou que é possível ir além da “direita” ou da “esquerda” e que essas classificações políticas não são mais adequadas para enfrentarmos os desafios que temos hoje. Esse fenômeno é global e pode sim se repetir no Brasil. Em um momento de falência do nosso atual sistema político, novas gerações, desvinculadas da política convencional e de clãs tradicionais, precisam assumir os cargos de liderança política no Brasil. O Movimento Acredito surge para isso, para dar vez e voz a uma nova geração na definição dos rumos de nosso país.

 

 

1 - acredito1

Segundo Abraham Lincoln: “Governo do Povo, pelo Povo, para o Povo.” essa poderia ser uma frase que mostraria a intenção do Movimento Acredito?

Renan Ferreirinha :

Poderia sim. O sonho do Acredito é que em 10 anos tenhamos um novo congresso, com a cara do Brasil, com a cara do nosso povo. Uma renovação de princípios, práticas e pessoas na nossa política que seja norteada por uma prioridade: superar nossas profundas desigualdades e barreiras a uma projeto de país mais estável, justo e desenvolvido.

 

Como é possível mudar uma cultura do voto de troca por uma benesse pelo Brasil afora? Esse tipo de voto compromete toda uma cadeia de mudanças em nossa política atual..

Renan Ferreirinha :

Enterrando essa lógica egoísta que sacrifica o bem coletivo em nome de interesses individuais. O Acredito defende firmemente a aproximação entre eleitores e eleitos com base em ideias e não em trocas de favores Para essa transformação ocorrer, é necessário promover um processo eleitoral mais ético em que os direitos democráticos de cada cidadão sejam respeitados e o pensamento dominante seja voltado a longo prazo.

 

Quando se escolhe um político e se vota nele, seria o suficiente para este fazer o que é necessário para a comunidade. Mas encontramos hoje, algo diverso dessa situação. Então, a fiscalização é o que pode deixar um político na linha, ou temos que trocar essa ação por outra?

Renan Ferreirinha :

A fiscalização constante é fundamental para que a atuação política dos representantes eleitos seja condizente com à vontade dos eleitores. É preciso também um choque de transparência, em que gestores e fiscalizadores sejam os reais responsáveis por suas ações. Para isso, uma sociedade cuja ética esteja refletida não apenas nas grandes decisões do governo, mas também nas pequenas ações de seu dia a dia se faz necessária.

 

No ano de 2018 teremos um ano de eleição, onde  se espera uma grande virada nas urnas por parte dos eleitores. Como você prevê esse ano de 2018 para o Brasil?

Renan Ferreirinha :

2018 será um ano único para o Brasil. Vivemos um momento crítico com uma crise de representatividade que compromete nosso sistema político e uma crise econômica persistente. Com as eleições do ano que vem, teremos uma janela de oportunidades que poderá mudar profundamente a forma como conduzimos esse país. Eu acredito veemente que podemos abraçar essa chance para promover uma renovação profunda na forma de fazer política no Brasil. Uma nova política que vá além da polarização radical. Que promova o diálogo e a busca de soluções efetivas.

 2 - acredito2

 

Com a consciência que hoje está sendo construída pelo povo, de se ir às ruas para lutar e cobrar direitos, você acredita que mesmo depois das eleições, essa nova consciência permanecerá sob a forma de fiscalização, independendo do político que vença?

Renan Ferreirinha :

Acredito que a conscientização política adquirida pelo povo nos últimos anos não se perderá, mas se fortalecerá cada vez mais, culminando em um maior acompanhamento e fiscalização do trabalho dos nossos representantes, independente de quem vença. O brasileiro tem mostrado um interesse político crescente que precisa ser motivado e canalizado em atuações práticas, como uma cobrança mais próxima e efetiva.

 

Sobre Josué Júnior (145 artigos)
Josué Júnior, carioca, fotógrafo profissional pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Há mais de dez anos no mercado fotográfico com ênfase em moda e publicidade. Atualmente fotografa para o site Versão Masculina, especializado em comércio de produtos masculinos. Em sua empresa Arte foto Designer, desenvolve seu trabalho autoral, que pode ser apreciado na sua pagina : www.facebook.com/fotosjosuejunior?ref=bookmarks ,ou em seu Instagran .https://www.instagram.com/josuelbjr/

2 comentários em Entrevista com Renan Ferreirinha

  1. José Cândido // 19/09/2017 às 1:47 am // Responder

    Os políticos, de maneira geral, se sentem donos do poder. Não acredito em mudanças se não de fizer uma reforma política ampla. Lógico que esses que estão aí não têm credibilidade nem para fazer a reforma do meu banheiro. É preciso uma iniciativa popular ou grupo de legisladores competentes
    Aí quem sabe, teremos mudanças

    Curtido por 1 pessoa

  2. Josué Júnior // 19/09/2017 às 4:47 pm // Responder

    Obrigado Cândido pelo seu comentário. Valeu meu irmão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: