SISREG

 

 

 

Sistema de regulação de vagas de consultas e cirurgias (Sisreg), esse famigerado sistema tinha como objetivo ajudar e revolucionar o caminho dos pacientes que procuram a saúde pública aqui no Rio de Janeiro. Mas para aqueles que chegam à Upa ou Cer, e caem no sistema, dependendo do caso, podem ficar mais de cem dias para serem atendidos. Os pacientes são orientados, com dor ou com alguma doença em andamento, a voltarem para casa para esperar o chamado da fila virtual, e só assim serão atendidos, para fazer cirurgia ou internação.

Foto: Josué Júnior/Linkezine

Como sempre, quem sofre com a expectativa da espera é o paciente e a família. Às vezes o hospital onde o tratamento vai acontecer não é perto de casa, e como o sistema tem o entendimento que o paciente necessita da vaga, ele simplesmente ignora onde ele mora e muitas vezes o envia para outro município ou para algum hospital bem longe de casa, fazendo assim a família sofrer em dobro, primeiro pelo paciente estar em um local longe, e segundo porque ela precisa se desdobrar para visitar e acompanhar, dormindo e ajudando o doente dentro da enfermaria. É um sistema que funciona para alguns, mas a grande maioria da população que precisa usar o sistema de saúde, acha que ele só serve para aumentar ainda mais a agonia dos familiares e dos pacientes.

 

Conseguimos entrar em algumas unidades do sistema de saúde e verificamos que no CER do Centro da Cidade, uma unidade que é um anexo do Souza Aguiar, funciona bem com uma estrutura precária e necessitando de investimento. Esse CER consegue atender a todos com um pouco de dignidade, mas foram visto alguns mosquitos, aliás é uma das queixas dos pacientes; banheiros externos imundos, e como é um serviço público não se pode  deixar pertences à mostra para não sumir, mesmo com um número grande de seguranças particulares. Sem contar com a falta de paciência de alguns enfermeiros, atendentes e seguranças, como ocorre em todo serviço público. Isso é o que a população de forma geral sente. Alguns funcionários que trabalham lá acham que estão fazendo um favor, caso alguém vá pedir  informação, ou tirar uma dúvida.  No caso do Hospital Ronaldo Gazola é ainda mais preocupante, desde que o Viva Rio deixou de administrar o hospital, ele começou a diminuir o atendimento e fechar algumas portas para os pacientes. Lá vimos algumas enfermarias sem pacientes, muitas reclamações de que a enfermaria os abandona à noite, sem que eles façam uma ronda para verificar como estão durante a madrugada. É reclamação em cima de reclamação, é medicamento que falta ou alimentação que não chega, e dependendo do caso é necessário rezar para que o médico especialista possa dar o parecer com presteza. Enfim, o que não falta são relatos de pacientes insatisfeitos. O que se conclui desse sistema é que ele é mais um entrave dentro do sistema de saúde que está cheio de problemas, esperando algum político para resolver ou um messias. A verdade é que tem gente morrendo, esperando vaga do sistema, tem gente morrendo dentro da Upa, Cer e do hospital.

A saúde no Rio de Janeiro clama por socorro!

 

Sobre Josué Júnior (277 artigos)
Josué Júnior, carioca, fotógrafo profissional pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Há mais de dez anos no mercado fotográfico com ênfase em moda e publicidade. Atualmente fotografa para o site Versão Masculina, especializado em comércio de produtos masculinos. Em sua empresa Arte foto Designer, desenvolve seu trabalho autoral, que pode ser apreciado na sua pagina : www.facebook.com/fotosjosuejunior?ref=bookmarks ,ou em seu Instagran .https://www.instagram.com/josuelbjr/

1 comentário em SISREG

  1. Muito bom este relato da mazela e da precariedade em que está todo o “caríssimo” serviço público, não apenas no Rio de janeiro, mas em todo Brasil e em todas as áreas !!! Será que hum dia está realidade vai mudar ????

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: