CCBB em CASA


Enquanto os Centros Culturais Banco do Brasil – BH, DF, RJ e SP permanecem com as atividades presencias suspensas, como medida de segurança contra o novo coronavírus, conteúdos exclusivos da sua programação continuam sendo oferecidos e divulgados em seus perfis nas redes sociais. Visitas virtuais pelo prédio e exposições, catálogos digitais, detalhes e curiosidades sobre os projetos podem ser conferidos na tela do seu computador ou celular.  Tudo para que esse período atual de atenção e recolhimento seja o mais tranquilo possível, com arte e cultura. 

Confira os links para ter o #CCBBemCasa

Passeio virtual aos CCBBs no Google Arts & Culture: 

https://artsandculture.google.com/partner/ccbb-sao-paulo

https://artsandculture.google.com/partner/ccbb-rio

https://artsandculture.google.com/partner/ccbb-bh

https://artsandculture.google.com/partner/ccbb-brasilia

EM DESTAQUE: 

CINEMA: 

2ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo  

O CCBB vai ao encontro do público, oferecendo arte e cultura através da sua primeira mostra de filmes totalmente on-line, a 2ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo, que acontece de 29 de julho a 23 de agosto de 2020, no site www.cinemaegipcio.com. Os ingressos são gratuitos. A mostra apresenta uma seleção de 24 títulos feita pelo produtor e curador Amro Saad, egípcio naturalizado brasileiro. São obras realizadas entre 2011 e 2019 que revelam a nova geração de cineastas egípcios em documentários e ficções de diversos gêneros – da comédia ao terror. As produções vão desde premiados sucessos comerciais a filmes experimentais independentes que abordam temas antes pouco debatidos, de forma direta ou através de metáforas. Além da exibição diária dos filmes, serão realizados workshop, palestra e debate com diretores. A sessão especial de abertura será com o documentário Para onde foi Ramsés? terá um debate com o curador e o diretor Amr Bayoumi, e um show da banda Mazaher, que fez a música do filme, tudo transmitido diretamente do Cairo. 

EXPOSIÇÕES: 

Egito Antigo: do cotidiano à eternidade 

Exposição inédita sobre o Egito Antigo, considerada uma das mais importantes civilizações da história da humanidade. Por meio de um amplo panorama sobre o cotidiano, a religiosidade e os costumes ligados à crença na eternidade, a seleção de obras para o CCBB reúne esculturas, pinturas, objetos, sarcófagos e até uma múmia, vindos do Museu Egípcio de Turim, segundo maior acervo egípcio do mundo. Curadoria de Paolo Marini e Pieter Tjabbes. 

Tour Virtual 

Uma visita virtual completa pela exposição “Egito Antigo: do cotidiano à eternidade”, com narração do curador Pieter Tjabbes. 

https://www.bb.com.br/cultura

Catálogo digital 

Material oficial da exposição, onde é possível entender de forma aprofundada os aspectos da civilização egípcia apresentados na exposição e como eles se relacionam. 

https://drive.google.com/file/d/10coTrV0_-UiffUoGUPSc1uYwhYLZlWKW/view

Webinares com Pieter Tjabbes, curador da exposição 

Formado em História da Arte, Tjabbes conduziu webinares inéditos abertos ao público em que explica em um os aspectos de montagem da mostra, curiosidades dos bastidores e elenca os destaques entre as 140 obras vindas diretamente do Museo Egizio de Turim, na Itália – segundo maior em acervo de cultura egípcia do mundo, e em outro ministrou aula especial sobre a vida dos faraós na civilização egípcia. 

Egito Antigo: https://youtu.be/OoYyeR12LTk 

Os faraós na civilização egípcia: https://youtu.be/fy6pFxUtqak 

Exposições em libras, com audioguia e audiodescrição no Musea 

Tendo a integração de todos os públicos como objetivo, conteúdos das exposições estão disponíveis com recursos de acessibilidade para quem deseja conhecer detalhes das mostras. 

https://www.musea.art.br/

Ivan Serpa – A Expressão do Concreto 

Retrospectiva completa sobre a vida e o legado do artista carioca, referência na história da arte brasileira moderna e contemporânea. Por meio de obras oriundas de diversas coleções, serão mostradas várias fases do pintor e sua multiplicidade estética e técnica, com importantes pinturas do período concretista, peças de caráter expressionista, da fase Negra, em que o artista preferia denominar Crepuscular, obras das fases Op-erótica, Amazônica e Mangueira, terminando com a fase Geomântica, que revelam um aspecto místico do pintor. Curadoria: Hélio Márcio Dias Ferreira e Marcus de Lontra Costa. 

Visita à exposição com o curador Hélio Márcio Dias Ferreira: 

Webinar da Exposição Ivan Serpa: 

Neste webinar, realizada em 28 de abril de 2020, os curadores Hélio Márcio Dias Ferreira e Marcus de Lontra Costa falam sobre a trajetória marcante do artista Ivan Serpa e a contribuição de sua obra para a história da arte brasileira. 

Assista: https://www.youtube.com/watch?v=T7TkHemmx4U&feature=youtu.be 

VAIVÉM 

A exposição investiga as relações entre as redes de dormir e a construção da identidade nacional no Brasil. Com curadoria de Raphael Fonseca, a mostra reúne cerca de 340 obras de coleções públicas e privadas, algumas especialmente criadas para o projeto. 

Catálogo da exposição: 

https://drive.google.com/file/d/1t6LcN0FyOIUpZAWP03e4mnl5_ZJLJaJD/view

Vídeo de “O Tempo” sobre a mostra: https://www.otempo.com.br/tempo-tv/mostra-vaiv%C3%A9m-re%C3%BAne-mais-de-300-obras-que-permeiam-um-%C3%ADcone-nacional-a-rede-1.2308974 


Bate-papo online com o curador da exposição, Raphael Fonseca: Instagram do CCBBBH, salvo no destaque “Vaivém”, confira em  https://www.instagram.com/ccbbbh/

Além disso, foi disponibilizada no Facebook do CCBB BH uma palestra com Raphael Fonseca sobre a tese de doutorado que deu origem à mostra.  A palestra traz curiosidades, revela todo o caminho para a realização da exposição no CCBB e também dá detalhes sobre a montagem da exposição e sobre as principais obras do acervo. 

Acesse: https://www.facebook.com/ccbb.bh/ 

Em todas as redes sociais do CCBB BH disponíveis conteúdos exclusivos sobre ao acervo da exposição “Vaivém”. Como destaque temos o vídeo “Paisagens do Trabalho: Redes de Dormir” da artista Virgínia Pinho. Nessa produção a artista documentou o fazer diário de trabalhadores de fábricas de redes situadas no Ceará, um dos polos da indústria redeira do país. 

Vídeo “Paisagens do Trabalho: Redes de Dormir”: 

Chiharu Shiota – Linhas da Vida 

“Linhas da Vida”, de Chiharu Shiota, revisita a trajetória da artista japonesa, apresentando mais de 70 obras organizadas em cinco núcleos temáticos. Com gravuras, pinturas, esculturas, fotografias, vídeo performances e instalações, a exposição traça um panorama do trabalho da artista, desde o princípio de sua carreira, em 1994, até os dias atuais. 

Nas redes sociais do CCBB Brasília está sendo promovido um passeio virtual à exposição, dividido em postagens com frequência semanal. A série inclui vídeos de making off e falas da curadora da exposição, Tereza de Arruda, em material inédito. 

Segue um dos vídeos disponíveis, que é o making off da obra “Além da Memória”, que está instalada no Pavilhão de Vidro: 

https://drive.google.com/file/d/1zceLk0U1U8_xhfe_tG2UmVH_FCrOhQRI/view?usp=drivesdk

Além das publicações, o aplicativo “Chiharu Shiota: Linhas da Vida” apresenta conteúdo exclusivo, com fotos e vídeos das obras, além de possuir recursos de acessibilidade, como audiodescrição e interpretação em LIBRAS. 

O Download do app em seu smartphone pode ser feito em: 

https://apps.apple.com/br/app/chiharu-shiota/id1487305305

Björk digital 

Depois de passar por 15 cidades ao redor do mundo, Björk Digital passou também pelos CCBBs Brasília e Rio de Janeiro, com uma experiência de música e realidade virtual inspirada no álbum Vulnicura, da artista islandesa. Além dos conteúdos em tecnologia imersiva, a mostra contempla um cinema com os clipes mais icônicos de Björk, e o espaço Biophilia repleto de tablets para que o público possa experimentar o projeto educativo de produção musical criado pela artista. Björk Digital é uma concepção de Björk e James Merry. 

Baixe o catálogo da exposição: 

http://bit.ly/catalogobjork


Assista aos vídeos clipes que inspiraram cada obra: 

Stonemilker: Stonemilker: 

https://www.dropbox.com/s/el0ot91admjafka/StonemilkerXtraHQ.mp4?dl=0

 Black Lake: 

https://www.dropbox.com/s/a3qrn9i0ysoyxrt/BlackLake_SingleScreen_H264_15kbits.mov?dl=0

 Mouth Mantra: 

https://www.dropbox.com/s/edbbalr5rgwij6w/Bjork_MouthMantra_WithFinalAudio-HiRes.mp4?dl=0

 Notget: 

https://www.dropbox.com/s/ssyv1sd7tfjekub/bjork_not_get_16052017_dcp_heartbeats_MP4_HD.mp4?dl=0

 Human behaviour: 

https://www.dropbox.com/s/3iyu26aujvjtlr3/Bjork_Human%20Behaviour.mov?dl=0

 Venus as a boy: 

https://www.dropbox.com/s/ka2zlalov38ddj3/Bjork_Venus%20As%20A%20Boy.mov?dl=0

O Banco do Brasil criou ainda duas playlists temáticas sobre a exposição, disponibilizadas em seu perfil no Spotify: 

1) Björk Digital: Panorama, que apresenta uma retrospectiva da carreira musical de Björk, abrangendo seus mais diversos álbuns: https://open.spotify.com/playlist/3czwOYu8H81SyAMPaRWdmX?si=1XsueBj0R6Oad9Pv7mEN0w 

2) Björk Digital: Versões de Vulnicura que apresenta versões alternativas (orquestradas, ao vivo ou remixes) das músicas do álbum Vulnicura, cujos clipes foram apresentados em VR (realidade virtual) na exposição: https://open.spotify.com/playlist/6Vu5ddVk8qnvX89mw4X34Y?si=dAgWFom_RNunWv7ZoMqkow 

MÚSICA 


LIVE – Lançamento Drive-in CCBB com Sunflower Jam 

No dia 11 de julho foi inaugurado em Brasília o Drive in CCBB, com live da Banda Sunflower Jam. O show teve transmissão direta no canal do BB no You tube com exibição simultânea no Facebook do CCBB Brasília. A live pode ser assistido na íntegra, e está disponível no link https://www.youtube.com/watch?v=IcAD1IZSdsA 

O Festival “Drive-in CCBB”, realizado pelo Banco do Brasil e com patrocínio da BB Seguros, estreou no dia 11 de julho com uma programação cultural variada para todos os públicos. A Live de abertura do Drive in com a banda “Sunflower Jam” foi um sucesso, com mais de seis mil visualizações simultâneas nas redes sociais. 

Sobre a banda 

A Banda Sunflower Jam (@sunflowerjams) que já participou de festivais e já gravou com bandas como Jota Quest foi idealizada em Los Angeles, mas nasceu em Brasília em 2017. Tendo como tônica o improviso, o projeto começou como um evento musical para destacar os músicos e não somente os vocalistas, e por isso usam todos macacões amarelos. Os girassóis, símbolo da banda, representa a trajetória da banda em direção à luz, e trazem consigo a cor que unifica os músicos, destacando todos os integrantes. 

Imagens  

https://drive.google.com/drive/folders/1erHYKljf2QZzPus5mXhPwaIR6HPc03NI

Guinga e as vozes femininas – Shows inéditos 

A série musical celebra os 70 anos de vida do músico e compositor Guinga, não só um dos mais importantes violonistas da história da música brasileira, como também um  dos compositores mais singulares de todos os tempos. O artista se apresenta ao lado de vozes femininas de diferentes gerações e com grandes violonistas da nova geração. 

Assista aos Shows no Youtube do Banco do Brasil: 


Guinga + Leila Pinheiro. Violão: Marcus Tardelli 

Guinga + Anna Paes 

Diálogos com a programação – Guinga conversa com o público sobre o seu universo musical e sobre a música em geral.  

Playlist especial do projeto no Spotify: 

Playlists no Spotify 

Dizem que a música desconhece distâncias. Enquanto não reabre para visitação, o Centro Cultural Banco do Brasil tem feito seleções musicais baseadas em projetos culturais realizados em seus espaços. Esta iniciativa faz parte do esforço do Banco do Brasil em propor atividades culturais, como a escuta musical, enquanto não se pode frequentar os centros culturais. 

As playlists estão disponibilizadas no perfil do Banco do Brasil no Spotify, que pode ser acessado pelo link: https://open.spotify.com/user/bancodobrasil 

Abaixo, uma pequena descrição de cada playlist criada pelo CCBB Brasília até agora, com link direto para sua audição no Spotify. 

Musicar em Casa

Uma playlist com artistas que participaram das duas últimas edições do projeto Musicar – Festival de Música Infantil, realizado recentemente no CCBB Brasília, em janeiro de 2020. São músicas que estimulam a sensibilidade e a inteligência das crianças, para ouvir, brincar e descansar em casa. 

No Casulo: Música pra Gente de Todo Tamanho 

https://open.spotify.com/playlist/54Cos90OmIsQz0qY2g5Wkm
Música brasileira para ouvir, brincar, dançar e relaxar com as crianças. Seleção inspirada no Casulo, projeto do artista Darlan Rosa. O Casulo é um espaço de convivência interativo e lúdico, para crianças e adultos, instalado permanentemente no jardim do CCBB Brasília. 

Soul Apaixonado 

Para celebrar o amor, inspirado pelo Dia dos Namorados, o CCBB Brasília preparou uma playlist com músicas apaixonantes de um gênero reconhecido por suas músicas de amor, o Soul. 

Brasília 60  

Homenagem ao aniversário de 60 anos da capital federal. Nessa seleção de 60 músicas brasilienses, há gêneros que vão do rock ao reggae, da música regional ao eletrônico, passando pelo rap e o trap. 60 músicas não são suficientes para dar conta da diversidade da produção fonográfica brasiliense, mas oferecem um panorama da vibrante cena musical do DF. 

A Beleza Sombria dos Monstros  

A mostra de cinema A Beleza Sombria dos Monstros, exibida no CCBB Brasília em julho e agosto de 2019, apresentou a filmografia genial de Tim Burton. Em grande parte criadas pelo compositor Danny Elfman, as músicas dos filmes de Tim Burton são um marco das trilhas sonoras do cinema mundial. 

Scorsese 

Repleta de joias de gêneros como doo wop, soul e clássicos do rock, a filmografia de Martin Scorsese marcou época e influenciou gerações com seu uso de músicas em cenas emblemáticas do cinema americano. 

Guinga e vozes femininas  

Projeto que celebra os 70 anos do músico e compositor Guinga, com participação das cantoras Mônica Salmaso, Leila Pinheiro, Gioia Persichetti e Anna Paes e os violonistas Jean Charnaux e Thiago Amud. Nesta playlist apresentamos uma seleção com algumas das músicas de Guinga. 

Björk Digital: Panorama 

Por ocasião da exposição Björk Digital, que passou pelos CCBB Brasília e Rio de Janeiro, o Banco do Brasil apresenta nesta playlist um panorama da obra musical de Björk, criadora de um universo sonoro incrivelmente denso e singular. 

Björk Digital: Versões de Vulnicura 

Na exposição Björk Digital, os CCBBs apresentaram clipes criados em realidade virtual para músicas do álbum Vulnicura. Nesta outra playlist baseada na exposição, selecionamos algumas versões alternativas (orquestradas, ao vivo ou remixes) dessa brilhante fase da carreira de Björk. 

Viagens: Ossobuco na sua Casa 

A experiência de viajantes foi o tema da edição de maio do Ossobuco na sua Casa, projeto de conversas temáticas transmitido mensalmente pela internet, nas redes sociais do CCBB Brasília. Nesta playlist temática, selecionamos músicas brasileiras que falam sobre viajantes e seus passeios. 

TEATRO 

Billdog 2 

Uma história instigante e divertida que brinca com referências de HQ, dos filmes Noir e de ação. Nela, o ator Gustavo Rodrigues interpreta 46 personagens, acompanhado  do eletrizante som ao vivo de Tauã, nesta deliciosa trama policial que evoca a cultura pop. Texto e concepção: Joe Bone; direção: Gustavo Rodrigues e Joe Bone; supervisão artística: Guilherme Leme Garcia; elenco: Gustavo Rodrigues (ator) e Tauã de Lorena (músico). 

Assista: https://www.youtube.com/watch?v=q3gT-rWgiqk&feature=youtu.be&fbclid=IwAR25ddoE6n8pID5mN8cnPMuelCDp6eXH8gYl-RGpH1HmnVCpdtl6ko-StTc 

Tatá, O Travesseiro 

Lipe é um menino que tem como melhor amigo o seu travesseiro Tatá. Eles formam uma dupla inseparável até que, um dia, Tatá desaparece e Lipe acredita que ele foi sequestrado pelo Pirata dos Sonhos. O garoto empreende uma jornada de resgate ao melhor amigo, tendo que vencer os seus medos, os quais apenas a sua imaginação será capaz de resolver. Texto e dramaturgia: Andréa Batitucci, Gustavo Bicalho e Patrícia Von Studnitz; direção: Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves; elenco: Alexandre Scaldini, Edeilton Medeiros, Lívia Guedes, Marcio Nascimento, Marise Nogueira e Tatá Oliveira; concepção, criação e confecção de bonecos, sombras e adereços: Bruno Dante. 

Assista: https://vimeo.com/336937559 

A Valsa de Lili 

O isolamento, embora triste em primeiro momento, não deve ser uma situação de angústia: pode ser um lugar de autoconhecimento e aprendizado sobre as condições humanas. Um assunto que confronta parte dos brasileiros em tempos de quarentena, também é o que permeia a comovente narrativa da peça “A Valsa de Lili”, que foi apresentada no Centro Cultural Banco do Brasil Brasília em março. A peça é inspirada no livro autobiográfico ‘Pulmão de Aço’, de Eliana Zagui (a Lili da vida real). A plateia é colocada cara a cara com essa personagem única, que está fisicamente paralisada, mas encontra-se intelectual e emocionalmente livre. “A luta de Lili para sobreviver em condições tão adversas, sem perder o humor e o amor, são a metáfora perfeita para os dias difíceis que vivemos”, completa o autor Aimar Labaki. 

No dia 28 de março foi promovido Bate-papo online abordando os temas de liberdade e isolamento, tendo como ponto de partida o espetáculo “A Valsa de Lili”. 

A íntegra desta conversa pode ser conferida no Youtube: 

Link com cenas do espetáculo: https://youtu.be/rY-boDcwJIE 

A Hora da Estrela  

Macabéa é vista pela sociedade como uma mulher sem atrativos, que se contenta em ganhar menos de um salário, dividir um quarto com quatro pessoas, sofrer com um chefe rigoroso e não atrair a atenção de ninguém. 

Músicas no spotify: 

Bate papo – A Música que conta a História, com participação de Chico César, Cláudia Ventura, Laila GarinMarcelo Caldi

CINEMA 

Fellini il Maestro 

A mostra de cinema “Fellini, Il Maestro” homenageia os 100 anos de nascimento do grande cineasta, celebrado em 20 de janeiro de 2020. A mostra comemorativa passou pelos CCBBs Rio de Janeiro e São Paulo no início do ano e seria exibida em Brasília entre março e abril. Com curadoria de Paulo Ricardo Gonçalves de Almeida, conta com 24 títulos, incluindo a obra de estreia de Fellini, “Mulheres e Luzes”, de 1950, codirigido por Alberto Lattuada, indo até o último filme do mestre, “A Voz da Lua”, de 1990. 

Integra a mostra um excelente livro-catálogo, com mais de 400 páginas, onde constam filmografia, entrevistas, fotos, artigos críticos e ensaios escritos por grandes nomes do cinema, com destaque para o  o capítulo de abertura: “Glauber Fellini”, escrito por Glauber Rocha. O catálogo pode ser acessado digitalmente em: https://bit.ly/2QHOrPf 

Bate-papo online sobre Federico Fellini: 

Em comemoração aos 19 anos do CCBB São Paulo, o curador da mostra Fellini: Il Maestro, Paulo Ricardo Gonçalves de Almeida, e o crítico de cinema Filipe Furtado, foram convidados para um encontro online. O webinar realizado ao vivo no dia 21 de abril abordou a obra do cineasta italiano Federico Fellini (20/01/1920-31/10/1993), numa oportunidade para apaixonados pela sétima arte conhecerem detalhes sobre a vida e obra do cineasta italiano. 

Link de acesso: https://youtu.be/TdfBDGwBRLs 

Curso online Fellini, com Felipe Furtado 

O CCBB São Paulo abriu novamente suas redes sociais para o universo do cineasta Federico Fellini com edição do Curso Fellini, ministrado pelo crítico de cinema Filipe Furtado. A ação online é gratuita e integrou a mostra “Fellini, Il Maestro”, que teve sua programação interrompida em decorrência da pandemia do Covid-19. 

O curso aborda o cinema de Fellini, seus períodos históricos, e tentará tirá-lo do impressionismo e do peso do termo “felliniano”, colocando-o num contexto mais amplo da sociedade e cinema italianos. 

Curso Fellini, com Felipe Furtado: – 03 aulas de 1h30 de duração cada 

Link de acesso às 03 aulas:  

https://www.youtube.com/user/prlosolvidados/videos

Mostra Scorcese 

Entre 2019, foi apresentado nos cinemas dos CCBBs Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro, a mostra “Scorsese”, que apresentou uma retrospectiva cinematográfica de um dos nomes mais importantes e influentes do cinema ainda em atividade. Foram exibidos mais de 30 filmes dirigidos e/ou produzidos por Martin Scorsese, desde o primeiro, lançado em 1960, até os trabalhos mais recentes. 

Além dos filmes, a mostra promoveu o curso “Scorsese: um homem de cinema”, com três aulas ministradas pela jornalista e crítica de cinema Cecília Barroso. Com vasto conhecimento sobre cinema, Cecília Barroso é criadora do site Cenas de Cinema, onde ainda escreve, e faz parte do conselho editorial da revista Lume Scope. Redigiu artigos para a série de livros “100 filmes essenciais”, além de “Trajetória crítica do cinema brasileiro” e “Mulheres atrás das câmeras: As cineastas brasileiras de 1930 a 2018”. É integrante da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE). 

O curso é dividido em três aulas e pode ser acessado em: 

Aula 1-  https://vimeo.com/401555392 

Aula 2 – https://vimeo.com/401446993 

Aula 3 – https://vimeo.com/401550603 

Uma playlist repleta de joias de gêneros como doo wop, soul e clássicos do rock que serviram de trilha sonora em filmes de Martin Scorsese. Sua filmografia marcou época e influenciou gerações com seu uso peculiar de músicas em algumas cenas emblemáticas do cinema americano. 

IDEIAS 

Ossobuco Em Sua Casa  

O Ossobuco é um evento de palestras inspiradoras de até 10 minutos, que acontece mensalmente desde 2010. Neste momento de isolamento social, as edições mensais, sempre na última terça-feira de cada mês, passaram a ocorrer por meio de lives no Facebook do CCBB Brasília.  

Edição de Abril – Aniversário de Brasília:  

Celebrando o aniversário de Brasília em abril, apresentou  na sua primeira edição online, no dia 28 de abril, pessoas muito especiais que têm Brasília refletida em seus trabalhos: o artista urbano e quadrinista Pedro Sangeon, a repórter e apresentadora Viviane Costa e o músico e produtor Tomás Bertoni. Os convidados abordaram em suas falas a relação de seus trabalhos com a cidade, assim como suas memórias afetivas da capital. 

Edição de maio – Viagens: 

Na edição de maio, realizada no dia 26, foi explorado o poder transformador de uma viagem como aprendizado e indicativo de novas percepções. Nesta edição, foram selecionados três brasileiros que, em São Paulo e na Tailândia, foram além da narrativa turística.  

Eduardo Vieira e Priscila Nakazato são casados, e sentiram necessidade de sair da zona de conforto que os cercava, em meados de 2018. Já Sophia Costa é personal travel, cria roteiros personalizados em suas viagens e está residindo temporariamente na Tailândia.  

Edição de Junho  

Na edição “A Arte Transforma”, de 30 de junho, acompanhamos três histórias que falaram sobre humor, amor, fim e reinício de ciclos, dando espaço para refletir e criar conexões. Os três participantes convidados foram: Adriano Siri, o cara da comédia, do riso fácil que figura numa das maiores trupes de humor do Brasil; Edson Pavoni, tem a cabeça mergulhada no empreendedorismo afetivo, tem startups de tecnologia, arte e design, e criou sua primeira empresa aos 17; e Liana Padilha, que já experimentou diferentes áreas da arte, tinha planos de ser artista plástica e estilista, mas a música atropelou sua realidade e novos desafios surgiram, como banda, coletivo de arte e música em filme premiado. 

Na página do festival no Youtube o público pode conferir estas edições e as passadas do festival, que ocorreram no teatro do CCBB Brasília. 

https://www.youtube.com/user/ossobucobsb

Formação e profissionalização em museologia e os bastidores de uma mostra internacional 

Em comemoração aos 19 anos do CCBB São Paulo, Maria Ignez Mantovani, doutora em museologia e diretora da Expomus, e Roberta Saraiva, diretora-executiva da Expomus, realizaram em 21 de abril um encontro virtual ao vivo, apresentando um histórico da museologia no Brasil e o processo de produção em torno de uma grande mostra. Falaram sobre os desafios da área que passam pela formação e profissionalização deste campo ainda carente na capacitação executiva voltada para o gerenciamento, o planejamento e a sustentabilidade econômica de museus e iniciativas culturais públicas ou privadas. A atividade ainda abordou os passos e desafios de trazer ao Brasil a mostra do artista suíço Paul Klee, apresentada no ano passado pelo CCBB São Paulo, CCBB Rio de Janeiro e CCBB Belo Horizonte. 

Link de acesso: https://youtu.be/j3U5CLdNRyk 

“A Arte do Café”, webinar com Sérgio Destro 

No Dia Mundial do Café, 14 de abril, o CCBB São Paulo realizou o webinar “A Arte do Café”, com Sérgio Destro. O empresário e barista apresenta técnicas, fala de curiosidades e deixa algumas dicas para que as pessoas possam fazer o melhor café em casa. Valorizamos a experiência do café porque ele tem uma relação socioeconômica com a história do Brasil. O grão foi protagonista no desenvolvimento das cidades e por isso está representado na arquitetura dos prédios, presente no cotidiano das pessoas e faz parte da visita aos CCBBs. 

Link de acesso: https://www.youtube.com/watch?v=rV8HEp8T7CU 

PROGRAMA EDUCATIVO 

CCBB Educativo Em Casa 

Primeiro projeto cultural 100% digital integrante do conjunto de ações virtuais iniciadas quando os CCBBs fecharam suas portas físicas e suas as atividades presenciais foram suspensas como medida de prevenção à proliferação do novo coronavírus. O #CCBBeducativoEmCasa consiste numa plataforma de conteúdos que visam estimular a experiência, a criação e a reflexão por meio de processos pedagógicos, artísticos e curatoriais, e que podem ser acessados de dentro de casa e compartilhados com toda a família.  

Acesso às ações e links das atividades: 

www.ccbbeducativo.com 

www.bb.com.br/cultura e redes sociais dos CCBBs 


Palestra sobre Arte & Educação 

Em comemoração aos 19 anos do CCBB São Paulo, as coordenadoras do Programa CCBB Educativo – Arte & Educação, Francisca Caporali, Samantha Moreira e Valquíria Prates foram convidadas para apresentar palestra sobre arte e educação. Com conteúdos direcionados para todos os públicos, especialmente estudantes, professores e comunidade escolar em geral, o webinar também detalhou os campos de atuação e atividades desenvolvidos pelo CCBB Educativo. 

Link de acesso: https://youtu.be/Kr6bB-cV9Ig 

Sobre Josué Júnior (419 artigos)
Josué Júnior, carioca, pós- graduado pela faculdade Cândido Mendes. Atua no mercado com sua empresa Arte Foto Designer, é proprietário do site de conteúdo Linkezine , @linkezine . Dentro do site abaixo é possivel ver um pouco da atuação da Arte Foto Designer no mercado : https://www.omnistore.net.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: